terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

As cores das vacas

  Em homenagem à Ellen Christyna biologuinha
  
  Acredito que eu já devo ter falado mais de uma vez que é ótimo crescer no interior. E quando se tem irmãos, é melhor ainda, e primos também.
  Eu sei, também, que já escrevi algumas vezes o quão me sinto sortudo por ter essa família que tenho, em especial, o meu irmãozinho, o Lucas e a Larissa, nossa priminha linda que faz as melhores peraltices com o Luquinha.
   Na história de hoje (e agora até parece que eu tenho um programa de televisão), os pimpolhos decidiram atacar de biólogos e conversavam com muita seriedade, de fazer inveja aos melhores cientistas da área. E eles discutiam sobre... Vacas!
  Obsevavam com muita atenção o imenso pasto do nosso vizinho, lugar este qye tunha tudo quanto é vaca: preta, branca, marrom, malhada... Todo tipo que se pode ter, e, em se tratando dos nossos biologuinhos cujo principal instrumento de pesquisa é a imaginação, se estabeleceu o seguinte diálogo:
  - Lucas, por que existem vacas de diferentes cores?
  E Lucas pareceu estar raciocinando como se esta fosse uma pergunta muito difícil e que precisaria de muita deliberação para dizer o motivo, e começou:
  - Elas têm cores diferentes, porque elas dão leite de tipos diferentes. - falou resoluto.
  - Mas como assim? - perguntou confusa - o leite tudo não é branquinho?
  - Ué! Você nunca reparou que tem leite de chocolate? Esse, com certeza, vem de vaca marrom!!!
  - Ah! Entendi! Então, é a vaca branca que dá o leite branquinho, né? - perguntou Larissa, entrando na onda.
  - É!!! - exclamou Lucas em tom esclarecedor.
  - E a vaca preta? Dá café?
  - É, Lari... Dá café...
  - Então, Luquinha, a malhada de branco e preto, é de café com leite e a de marrom com branco é de leite de chocolate franquinho! - complementou nossa priminha.
  - É... Eu não tinha pensado nisso, mas é isso sim, Lari...
  - Mas Luquinha, e o leite de morango que a tia deu outro dia? De onde vem? Nunca vi vaca rosa... Aí!!! Seria linfo, eu queria ter uma vaca rosa!!! - falou Larissa sonhadora.
  - Ihhh!!! Essa eu não sei... Vou ter que fazer muitas pesquisas para descobrir.
 E Lucas entrou correndo para a biblioteca para descobrir.
  - E essa agora, Pedrinho? - perguntou Larissa atônita.
  E só me restou rir, imaginando o que Lucas faria para desobrir a vaca que dá leite de morango.

  

Nenhum comentário:

Estranha Perseguição

  "As palavras são mais perigosas do que aparentam".   Era o que estava escrito em um pedaço de papel, em tinta vermelha, parec...