segunda-feira, 19 de novembro de 2012

O espelho ou a imagem

  Se olhou no espelho.
  Piscou.
  Se olhou no espelho novamente... E já não se reconhecia mais.
  Como pudera mudar tão rapidamente? Se des-reconhecer assim, tão freneticamente?
  Piscou uma, piscou duas, piscou três... Permaneceu com os olhos abertos... E o que era aquilo, sua imagem piscou? E como vira isso? Se quando ela mesma pisca, ela também fecha os olhos, se ela vira sua imagem piscar... O que aconteceu?
  Se olhava no espelho, e já não se reconhecia, sua imagem, mudava em ritmo desenfreado... Como querendo lhe dizer alguma coisa... Querendo lhe dizer o quê? Ela ainda não entendia...
  Por isso que se olhava no espelho e já não se reconhecia mais...

Nenhum comentário:

Estranha Perseguição

  "As palavras são mais perigosas do que aparentam".   Era o que estava escrito em um pedaço de papel, em tinta vermelha, parec...