quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

A prática do bem conversar

Uma coisa que muito me encanta
É a boa vontade das pessoas em falar
Sim, é uma coisa que muito me espanta
Pessoas que juram que sabem conversar

São pessoas que são muito inteligentes
Pelo menos é assim que se julgam
Tratam os demais como indigentes
Diminuindo-os nas ideias que formulam


Hahaha... Dá vontade de rir 
Assistir tal petulância
Julgam-se com poder de ir e vir
Mas nunca saem dessa redundância


Pessoas que dizem que tudo sabem
Mas na verdade não é o que parece
Porém o que nunca descobrem
Que assim a sabedoria (ou razão) perece

2 comentários:

Marina disse...

Gostei, Nati! Um poema que revela a arrogância de muitas pessoas que se denominam doutos e desprezam a suposta ignorância dos outros. Parabéns!

Ser em construção disse...

Quanto mais arrogância
mais solidão.
Quanto mais petulância
mais insegurança.
Quanto mais, e mais, de si
muito mais, mais glichê.
Inté...

Estranha Perseguição

  "As palavras são mais perigosas do que aparentam".   Era o que estava escrito em um pedaço de papel, em tinta vermelha, parec...