segunda-feira, 5 de abril de 2010

A lata de sardinha

Obs. Esse texto já foi postado, mas na atual situação dos últimos tempos, merece um replay.
Obs1. Fui eu mesma que escrevi, não tirei da internet. Obrigada!

Em uma escola, a professorinha pede para os seus alunos escreverem uma redação de tema livre, e um de seus alunos, de apenas 6 anos escreve assim:

"A lata de sardinha

O metrô é uma coisa engraçada, isso pra não dizer as pessoas que andam nele.
Porque se até mesmo o moço que fica no rádio falando que não é para segurar as portas, por que o povo segura?
O meu pai sempre diz que acontece isso, a minha irmã mais velha também.
A minha irmã mais velha, que é mais revoltadinha que meu pai, fala que sempre tem um bobo que vai descer lá não sei onde e fica na porta e atrapalha as pessoas.
Bem, ela disse que no ônibus também e que ela acha mais ruim.
Mas o meu pai também falou que deveria os governantes fazer melhor, porque ele diz que tem pouco ônibus pra muita gente e que todos vivem que nem uma lata de sardinha. Será que eles fabricam lata de sardinha pra gente andar?
Bem, essa eu não entendi. Acho que os governantes não entendem que a gente não pode andar em lata de sardinha.É só isso que eu acho."

Não precisa nem dizer qual foi a cara da professora, né?

3 comentários:

Marina disse...

Ai, eu lembro desse!! Como uma leitora assídua do seu blog, eu adorei! Tem um lado singelo da criança que consegue falar da realidade inocentemente...

Anônimo disse...

a cara da psora? de quem come sardinha! ahuasashsahuhasuh que nojo hashusahsshua

rolim disse...

Verdade rs...quem come sardinha vai ter um ligeiro trauma de se lembrar do metrô (brincadeira).Mas bem legal esse penultimo.

Não importa o grau de instrução de determinados professores as crianças sempre são sinceras em suas declarações. E para mim isso vale muito mais...

[:)]

William R.

Estranha Perseguição

  "As palavras são mais perigosas do que aparentam".   Era o que estava escrito em um pedaço de papel, em tinta vermelha, parec...